Home Artigos A guerra de Gogue e Magogue na visão do rabino Asor

A guerra de Gogue e Magogue na visão do rabino Asor

autor: Últimos Acontecimentos

Em uma entrevista recente, o rabino Daniel Asor alertou que “os Estados Unidos e a China entrarão em guerra um contra o outro”. Ele explica que esta guerra foi prevista pelo segredo tzaddik (santo) rabino Yehuda Lefkovitch. O rabino Lefkovitch previu que a terceira Guerra Mundial começará entre a China e os Estados Unidos há mais de 20 anos, antes que as tensões estivessem no nível que estão hoje. Segundo o rabino Lefkovitch, esta guerra será a guerra bíblica de Gogue e Magogue.

“A Rússia se juntará à China na guerra”, acrescentou o rabino Asor. Ao mesmo tempo, ele aponta para o rabino Levi Sa’adia Nachamani, que previu há 20 anos que o Irã fará uma guerra contra Israel e receberá assistência militar da Coreia do Norte.

O rabino Asor adverte que “haverá muito incitamento a culpar Israel por todos os problemas do mundo”. O motivo é que a liga árabe também travará uma guerra de propaganda contra Israel, explica ele e, em determinado momento, reunirão o mundo contra Israel, como está escrito em Zacarias.

Quando todas as nações da terra se reúnem contra ela. Naquele dia, farei Yerushalayim uma pedra para todos os povos levantarem; todos os que a elevarem se ferirão. (Zacarias 12:3)

Uma vez que a guerra entre a América e a China seja travada, será aplicada uma lei marcial que fechará as rodovias, os portos marítimos e as viagens aéreas pelos EUA, ele explica. “É por isso que é tão importante que os judeus americanos saiam e venham a Israel”, enfatizou.

O rabino Asor, o rabino chefe do Instituto Yanar em Jerusalém, explica que esta guerra abrirá o caminho para a inevitável aquisição da Nova Ordem Mundial, com sede no Vaticano. Ele também afirma que “no Vaticano, eles adoram Lúcifer”.

O rabino Asor também diz que o Vaticano acredita que o filho de Lúcifer virá para redimir a humanidade. Ele acrescenta que, embora a principal batalha de Israel seja com os muçulmanos e que Moshicah (Messias) Ben Yosef irá lidar com isso. “Mas a guerra final será contra a Nova Ordem Mundial, com sede no Vaticano. Isso será tratado por Mashiach (Messias) Ben David”, explica ele.

Segundo o rabino Asor, a Nova Ordem Mundial implementará uma estratégia de divisão e conquista pela qual eles fazem com que cristãos e muçulmanos lutem entre si pela terra de Israel. Cada lado vai querer a terra santa para si. Nesse ponto, a Cabala culpará as duas religiões por crimes contra a humanidade. Mas, finalmente, “eles culparão o judaísmo porque é a religião da qual o cristianismo e o islamismo se ramificaram”.

Nesse ponto, segundo o rabino, a Nova Ordem Mundial tentará conquistar Israel e fazer de Jerusalém sua capital. “Eles controlarão o mundo de Jerusalém por nove meses. Eles duplicarão o Vaticano no Monte Sião. Dessa forma, eles serão capazes de controlar o cristianismo, pois ocuparão a sala da última ceia e também o túmulo do rei Davi”, avisa.

No entanto, o rabino Asor também entrega uma mensagem reconfortante dizendo a todos para não temer, pois tudo isso faz parte do plano de Deus e que o lugar mais seguro para se estar neste momento é em Israel, mesmo que seja “o olho da tempestade”.

Fonte: Breaking Israel News.

“E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;…” Mateus 24:6

04 de maio de 2020.

Postagens Relacionadas

Deixe um Comentário