Home Fomes Crise da fome na Síria piora

Crise da fome na Síria piora

autor: Últimos Acontecimentos

A Síria enfrenta uma crise de fome sem precedentes, com mais de 9,3 milhões de pessoas sem alimentação adequada, enquanto o surto de coronavírus no país, embora aparentemente controlado por enquanto, ainda possa acelerar, disseram agências de ajuda da ONU na sexta-feira.

O Programa Mundial de Alimentos (PMA) informou em Genebra que o número de pessoas com falta de alimentos essenciais aumentou 1,4 milhão nos últimos seis meses.

Os preços dos alimentos também subiram mais de 200% em menos de um ano devido à queda livre na economia do Líbano e às medidas de bloqueio do COVID-19 na Síria, disse a porta-voz do PMA Elisabeth Byrs.

Após nove anos de conflito armado, mais de 90% da população da Síria vive abaixo da linha de pobreza de US $ 2 por dia e as necessidades humanitárias estão crescendo, disse Akjemal Magtymova, representante da Organização Mundial da Saúde (OMS) na Síria, em um comunicado à parte.

Menos da metade dos hospitais públicos da Síria são funcionais, e metade da força de trabalho médica fugiu desde o início do conflito, disse ela, com os que continuam enfrentando uma “ameaça generalizada de sequestro e assassinatos direcionados”.

Fonte: The Jerusalém Post.

“…e haverá fomes,” Mateus 24:7

26 de junho de 2020.

Postagens Relacionadas

Deixe um Comentário