Home Israel ONU alerta Israel: “A anexação é ilegal. Ponto final”

ONU alerta Israel: “A anexação é ilegal. Ponto final”

autor: Últimos Acontecimentos

O Alto Comissariado da ONU pede a Israel que interrompa seu plano “ilegal” de anexar partes da Cisjordânia, pois isso terá consequências perigosas duradouras.

“Anexação é ilegal. Ponto final” , destacou segunda-feira a alta comissária da Organização das Nações Unidas para os Direitos Humanos, Michelle Bachelet.

Por meio de uma declaração, Bachelet destacou a ilegalidade de “toda anexação”, seja “30% ou 5% da Cisjordânia”.

Também expressou “profunda preocupação” que mesmo a forma mais minimalista de anexação leve a mais violência e perda de vidas.

“Peço a Israel que ouça seus próprios ex-oficiais e generais, bem como numerosas vozes ao redor do mundo, alertando-os para não continuar nesse caminho perigoso”, enfatizou.

O alto funcionário das Nações Unidas indicou que “as ondas de choque da anexação durarão décadas e serão extremamente prejudiciais para Israel, para os palestinos” e para a região em geral.

A anexação de 30% da Cisjordânia, prevista para julho, é um projeto israelense que faz parte do chamado ‘acordo do século’, patrocinado pelos EUA. Este plano, apresentado em janeiro pela Casa Branca , concede aos palestinos autonomia limitada dentro de uma pátria descontínua, deixando o premiado Vale do Jordão nas mãos de Israel e esquecendo o problema de milhões de refugiados palestinos ansiosos por retornar a suas terras.

Além da rejeição dos palestinos e da comunidade internacional, o plano expansionista do primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu nem conta com o apoio dos próprios israelenses .

A resistência palestina ameaçou dar uma resposta dolorosa e instou os palestinos a lançarem uma revolução maciça para responder às violações de Israel. O Movimento de Resistência Islâmica da Palestina (HAMAS) alertou na quinta-feira que considera a anexação da Cisjordânia como uma “declaração de guerra” e que fará com que Israel “lamente” sua decisão, se a implementar.

Fonte: HispanTv.

29 de junho de 2020.

Postagens Relacionadas

Deixe um Comentário