Home Israel Líder evangélico compara Trump e Netanyahu com Caleb e Josué bíblicos

Líder evangélico compara Trump e Netanyahu com Caleb e Josué bíblicos

autor: Últimos Acontecimentos

O líder evangélico e apresentador do premiado programa de televisão cristã Focus on Israel fez um apelo ao presidente Trump e ao primeiro-ministro Netanyahu para que se mantenha firme e aplique a lei israelense sobre os centros bíblicos da Judéia e da Samaria. Falando em uma mensagem de vídeo especialmente produzida para o comício online Sovereignty Now no domingo, Cardoza-Moore comparou os dois líderes bíclicos Calebe e Josué, que voltaram com um relatório positivo da Terra de Israel. A mensagem chega quando o primeiro-ministro Netanyahu deve proclamar soberania sobre essas terras nos próximos dias.

Ela explicou que Josué e Caleb se lembraram da aliança e da promessa que Deus deu a Abraão de que a terra seria deles por toda a eternidade: Caleb e Josué tinham fé, lembraram-se da promessa de Deus, quando foram inspecionar a terra. Os outros dez espias não, eles estavam operando em um estado de medo, dúvida e descrença. Não podemos operar nesse lugar.

“Nos últimos quatro anos, vimos alguns dos eventos mais históricos acontecerem em nossa vida. Tínhamos um presidente eleito; Donald J. Trump e um grande primeiro-ministro em Jerusalém; Benjamin Netanyahu. Sabemos que Deus levanta reis e ele os derruba. Ele levantou esses dois líderes para esse período específico da história e isso não pode passar despercebido. Foi o presidente Trump que manteve sua palavra e transferiu a embaixada dos EUA para o coração de Jerusalém. Ele reconheceu a soberania de Israel sobre as colinas de Golã, que são de Israel há quase 4000 anos, tudo parte da aliança feita por Deus a Abraão. Agora, estamos aguardando o anúncio do primeiro-ministro Netanyahu de que Israel tem o direito soberano à Judéia, Samaria e Vale do Jordão e que o presidente Trump proclamou seu apoio a esses esforços.”

Laurie Cardoza-Moore terminou citando a mensagem de Deus a Josué sobre a herança da Terra: “Seja forte e corajoso, pois é você quem fará com que essas pessoas herdem a Terra que eu jurei ao pai que lhes daria. Essa é uma mensagem para o presidente Trump e o primeiro-ministro Netanyahu.”

A Proclamação da Justiça para as Nações (PJTN), uma organização sem fins lucrativos 501c3, foi criada para educar os cristãos sobre sua responsabilidade bíblica de apoiar seus irmãos judeus e Israel contra o surgimento do anti-semitismo global. Utilizando apresentações poderosas de filmes e vídeos, vários comícios populares, eventos e palestras para facilitar o diálogo entre as comunidades cristãs e judaicas em apoio ao Estado de Israel e contra o anti-semitismo genocida global. Nos últimos meses, a organização liderou a luta contra o BDS na América com uma onda de resoluções estaduais e expôs os livros didáticos usados ​​nas escolas americanas que doutrinam nossos filhos com informações históricas, preconceitos e valores imprecisos que não refletem os de nossa nação. Laurie Cardoza-Moore.

Fonte: Breaking Israel News.

30 de junho de 2020.

Postagens Relacionadas

Deixe um Comentário