Home Guerras Irã alerta os EUA para não cometerem “novo erro estratégico” após as ameaças de Trump

Irã alerta os EUA para não cometerem “novo erro estratégico” após as ameaças de Trump

autor: Últimos Acontecimentos

O Irã advertiu os EUA para não cometerem “um novo erro estratégico” depois que Donald Trump ameaçou Teerã com um ataque “mil vezes maior em magnitude” caso a República Islâmica atacasse seu país.

Se a nação americana cometer ” qualquer erro estratégico ” testemunhará uma “resposta decisiva” de Teerã, disse terça-feira o porta-voz do governo iraniano, Ali Rabiei, em entrevista coletiva.

Em 14 de setembro, Trump prometeu que qualquer ataque iraniano aos EUA teria uma resposta muito maior. Suas palavras vieram após a publicação de reportagens na mídia que, citando funcionários anônimos do governo dos EUA, alegaram que Teerã supostamente planejava vingar a morte do general iraniano Qassem Soleimani , que foi morto durante um ataque aéreo dos EUA no Iraque no início deste ano. ano.

“Relatórios distorcidos”

Ali Rabiei lamentou que o inquilino da Casa Branca faça tais ameaças com base em “reportagens distorcidas” na imprensa norte-americana e considerou que ele teria objetivos políticos para sua campanha eleitoral antes das eleições presidenciais de novembro.

O porta-voz do governo iraniano lembrou que Washington começou as guerras no Iraque e no Afeganistão com base em relatórios falsos. Além disso, ele pediu a Trump que evite “novas aventuras” e não coloque em risco a segurança da região com suas ambições políticas.

As relações entre os dois países deterioraram-se significativamente depois que Washington se retirou unilateralmente do acordo nuclear histórico assinado entre o Irã e o Grupo 5 + 1 (Reino Unido, China, França, Rússia, EUA e Alemanha) em 2015, que estipulou o levantamento de uma série de sanções contra Teerã em troca de seu compromisso de não desenvolver ou adquirir armas nucleares.

Atualmente, os EUA estão pressionando para estender um embargo de armas ao Irã, que começará a ser eliminado em outubro, bem como para reimpor as sanções da ONU contra a República Islâmica.

Fonte: RT.

“E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;…” Mateus 24:6

15 de setembro de 2020.

Postagens Relacionadas

Deixe um Comentário