Home Últimas Notícias Congresso dos EUA abre com uma oração ‘blasfema’ ao ídolo hindu brahma

Congresso dos EUA abre com uma oração ‘blasfema’ ao ídolo hindu brahma

autor: Últimos Acontecimentos

O representante democrata do Missouri Emanuel Cleaver, um ‘pastor’, recitou a oração de abertura no primeiro dia do 117º Congresso no domingo. A ‘oração’ começou com uma pitada de esperança pela diminuição da divisão política.

Mas no final da ‘oração’ Cleaver pediu à divindade hindu Brahma por “paz em toda a terra” e também dentro do Congresso.

“O deus que criou o mundo e tudo nele: Abençoe-nos e guarde-nos, que o Senhor faça seu rosto brilhar sobre nós e tenha misericórdia de nós. Que o Senhor levante a luz de seu semblante sobre nós e nos dê paz, paz em nossas famílias, paz em toda esta terra e ouso pedir, Senhor, paz até mesmo nesta câmara. Agora e sempre, pedimos em nome do deus monoteísta brahma e deus conhecido por muitos nomes por muitas religiões diferentes.”

Brahma é o ‘deus criador’ no hinduísmo. Segundo a lenda, Brahma nasceu dentro de um ovo de ouro. Embora seja considerado o Deus da Criação, Brahma também é considerado um mortal.

Mas apenas no caso de adorar um ídolo hindu não ser controverso o suficiente, Cleaver então concluiu a ‘oração’ com um jogo politicamente correto com a palavra ‘Amém’.

“Amém, e uma mulher,” ele disse.

A palavra ‘Amém’ é uma palavra hebraica que representa lealdade ao Deus de Israel. Aparece pela primeira vez no Livro dos Números:

que essa água que induz o feitiço entre em seu corpo, fazendo com que a barriga se distenda e a coxa ceda.” E a mulher dirá: “Amém, amém!” (Números 5:22)

Também aparece no livro de Isaías:

Pois todo aquele que se abençoar na terra, se abençoará pelo Deus do Amém; E quem jurar na terra jurará pelo Deus do Amém. Os problemas anteriores serão esquecidos, Devem ser escondidos de meus olhos. (Isaías 65:16)

E mais tarde em Jeremias:

O  Navi Yirmiyahu disse: “Amém! Que  Hashem faça isso! (Jeremias 28: 6)

Em hebraico, a palavra Amen (escrita: אָמֵן ) é um acrônimo para ‘A Deus somos leais’ ( א ל  מ לך  נ אמן)

O analista conservador Ben Shapiro apontou que a palavra ‘Amém’ também significa “que assim seja” e tuitou algumas palavras duras sobre a ‘oração’ de Cleaver.

O popular rabino israelense Chaim Navon chamou a oração de “blasfêmia”.

A inclusão da palavra “uma mulher” vem na esteira de uma iniciativa democrata que propõe uma mudança de regra que substitui as palavras como pai, mãe, filho, filha, irmão, irmã, tio, tia e mais por palavras neutras de gênero.

No mês passado, Israel365 relatou que o projeto de lei de alívio do coronavírus de US $ 2,5 trilhões que foi aprovado no Congresso incluía um adendo que previa a reencarnação do líder budista; o Dalai Lama.

Fonte: Breaking Israel News.

04 de janeiro de 2021.

Postagens Relacionadas

Deixe um Comentário