Home Pestes Mongólia declara quarentena indefinida por peste bubônica em um distrito do país

Mongólia declara quarentena indefinida por peste bubônica em um distrito do país

por Últimos Acontecimentos
1684 Visualizações

As autoridades distritais de Uliastai, província de Zavkhan, a oeste da Mongólia, declararam neste domingo uma quarentena indefinida por peste negra ou bubônica, tendo identificado um caso suspeito entre os moradores locais, informou a mídia local.

Um homem de 39 anos foi internado no hospital local com sintomas de infecção: febre alta, dor muscular e dor de cabeça. Da mesma forma, sabe-se que há uma semana ele e sua família comeram carne de marmota, um animal que geralmente carrega a bactéria Yersinia pestis que causa a doença.

A partir de 25 de julho, é proibida a entrada e saída de Ulistai, onde as autoridades recomendam que os cidadãos sigam o regime de quarentena, não se reúnam em grandes grupos e não comam carne de marmota.

Nove pessoas que tiveram contato com o homem infectado receberam ordem de se isolar em suas casas para evitar a possível propagação da infecção.

Em 14 de julho, foi registrada uma morte por peste bubônica na Mongólia. Sabe-se que o paciente falecido era um garoto de 15 anos de idade no sudoeste do país. Poucos dias antes de morrer a caminho do hospital, o adolescente comeu um prato feito com carne de marmota na companhia de amigos. Além disso, vários casos de peste bubônica foram confirmados entre os pastores da cidade de Bayannur, Mongólia Interior (China).

Fonte: RT.

“…e pestes…” Mateus 24:7

26 de julho de 2020.

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário