Home Grandes Sinais do Céu Última erupção do vulcão Etna é “muito mais potente” do que as anteriores e surpreende os próprios vulcanologistas

Última erupção do vulcão Etna é “muito mais potente” do que as anteriores e surpreende os próprios vulcanologistas

por Últimos Acontecimentos
309 Visualizações

A erupção mais recente do Etna, localizada na ilha italiana da Sicília, surpreendeu até mesmo vulcanologistas que observaram a atividade do vulcão por mais de uma semana, em que ele regularmente expelia lava, cinzas e pedras.

De acordo com Boris Behncke do Instituto Nacional Italiano de Geofísica e Vulcanologia (INGV) e que acompanhou de perto os últimos paroxismos, o surto registrado na noite de 22-23 de fevereiro foi “muito mais poderoso”. Depois de “nos dar momentos de suspense” nas noites anteriores, o Etna finalmente explodiu de uma forma que “aqueles de nós que trabalharam nisso por décadas raramente viram”, diz o vulcanólogo.

Por volta das 23h de segunda-feira, as fontes de lava, cercadas por gigantescas nuvens de fumaça, ultrapassaram os 1.500 metros de altura, enquanto milhares de fragmentos de rocha foram lançados da cratera a vários quilômetros de distância. Behncke reitera que foi uma das “erupções mais espetaculares das últimas décadas”, embora frise que se insere na “atividade normal deste vulcão”.

“O Etna está a fazer coisas muito normais, embora cada vez tudo pareça maior, mais poderoso, mais espectacular e ameaçador”, explicou o cientista, citado pelo The Guardian.

A este respeito, Marco Neri, também do INGV, indicou que esta atividade vulcânica recente “é a mais forte na cratera sul”, que foi descoberta em 1971. E embora essas altas explosões do vulcão não fossem vistas há anos, é certo que “não há risco para a população”, além de poder causar problemas respiratórios a poucos devido à fumaça e deixar prédios e ruas cobertas de cinzas.

As frequentes erupções do Etna, o vulcão mais ativo da Europa, às vezes mudam profundamente a paisagem do sudeste da Sicília e às vezes ameaçam assentamentos em suas encostas. Na semana passada, suas erupções impressionantes ao longo de três dias iluminaram o céu noturno da cidade de Catânia. O fenômeno natural ocasionou o fechamento temporário de seu aeroporto, algo que geralmente ocorre quando a cratera está em sua fase ativa.

Fonte: RT.

“…e grandes sinais do céu.” Lucas 21:11

23 de fevereiro de 2021.

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário