Home Últimas Notícias China foi atingida com 3 tempestades de areia em 1 mês: Um “sinal bíblico”?

China foi atingida com 3 tempestades de areia em 1 mês: Um “sinal bíblico”?

por Últimos Acontecimentos
142 Visualizações

O céu de Pequim ficou amarelo e a poluição do ar atingiu níveis severos, já que a China sofreu suas piores tempestades de poeira em mais de uma década. A capital, Pequim, foi totalmente engolfada por nuvens três vezes nas últimas cinco semanas, com a visibilidade caindo para cerca de meia milha. Uma nuvem gigante de partículas de areia e poeira entrou na cidade, impulsionada por fortes ventos do norte da China. A atual tempestade, a pior da série, deve continuar nos próximos dias, afetando o centro e o leste da China. Acredita-se que as condições extremas sejam a combinação de poluição do ar e poeira da Mongólia, que está sofrendo com um período de clima quente e seco, sendo impulsionada por ventos invulgarmente fortes.

As tempestades de poeira reduziram a visibilidade, causando interrupções no transporte. Condições perigosas de direção resultaram em congestionamento de tráfego e aumento de acidentes. Centenas de voos atrasaram em aeroportos regionais.

O índice de qualidade do ar em Pequim atingiu a marca “perigosa” de 999, levando as autoridades a ordenar que crianças, idosos e doentes ficassem em casa e sugeriram que todos os outros parassem de atividades não essenciais ao ar livre. As tempestades não eram de areia, mas, na verdade, tempestades de poeira carregando partículas muito menores que viajam muito mais longe, permanecem suspensas por mais tempo e são mais prejudiciais aos humanos. As concentrações de partículas nocivas de PM2,5, material particulado medindo 2,5 micrômetros de diâmetro, que é pequeno o suficiente para penetrar nos pulmões humanos e entrar na corrente sanguínea, também alcançaram extremos. A exposição frequente a PM2,5 e PM10 “grosso”, que tem 10 micrômetros de largura e penetra profundamente nos pulmões, está ligada a doenças cardiovasculares e respiratórias e câncer de pulmão.

A China tentou criar uma “grande parede verde” de árvores para bloquear seu movimento e vários outros esforços ambientais. Li Shuo, diretor de políticas do Greenpeace na China, postou um tweet, criticando a terrível situação.

A China é um dos países mais severamente ameaçados por tempestades de areia e desertificação, com cerca de um milhão de milhas quadradas de terras desertificadas, correspondendo a cerca de 27,9% da massa terrestre do país.  Estudos apontam para a causa como desmatamento e erosão do solo que são efeitos indiretos do crescimento populacional do país.

A tempestade de poeira tingida de laranja e a desertificação são descritas na Bíblia como sinais do descontentamento divino.

Os céus acima de sua cabeça serão de cobre e a terra abaixo de você, de ferro.  Hashem fará com que a chuva de sua terra seja poeira, e areia cairá sobre você do céu até que você seja varrido. Deuteronômio 28: 23-24

Fonte: Breaking Israel News.

19 de abril de 2021.

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário