Home Perseguições Cuba censura mensagens de pastores cristãos na TV e no rádio

Cuba censura mensagens de pastores cristãos na TV e no rádio

por Últimos Acontecimentos
85 Visualizações

Amanhã, 3 de maio, é comemorado o Dia Mundial da Liberdade de Imprensa. Na data há uma reflexão sobre a importância de veicular notícias de interesse dos cidadãos sem que exista uma interferência e punição do Estado aos que tornam as informações públicas. Em países onde há paranoia ditatorial, os líderes detêm o poder sobre a população e também sobre a imprensa. Nesse contexto, também existe a intolerância religiosa, pois o Estado não aceita que exista uma devoção a outro, apenas aos governantes. Cuba é um bom exemplo de falta de liberdade de imprensa e de expressão.

Em 2020, alguns líderes cristãos cubanos receberam com alegria o convite para gravarem mensagens de Páscoa para serem veiculadas pelo Instituto Cubano de Rádio e Televisão (ICRT). Cada pastor poderia dar um recado individual para a população celebrando o domingo de Páscoa.  Porém, na noite programada para transmitir as mensagens, apenas o reverendo Antonio Santana discursou. Ele é presidente do Conselho de Igrejas de Cuba (CIC), oficialmente apoiado pelo governo cubano.

Desconfiados, mas prontos para fazer a diferença

O convite sobre as mensagens de Páscoa foi recebido com estranhamento, mas os participantes decidiram aproveitar a oportunidade para fazer o nome de Jesus conhecido nacionalmente.  “Esta é a primeira vez que esse tipo de convite acontece desde o início da Revolução, em 1959”, testemunhou o pastor Noel Nieto, da Liga Evangélica de Cuba. Durante três dias no início de abril, cinco líderes cristãos registraram as respectivas mensagens de esperança e ressurreição com a ajuda de uma equipe de voluntários cristãos e supervisão de um funcionário do ICRT.

Um dos voluntários foi Sandy Cancino, que usou a experiência de produtora para trabalhar nesta missão. “Ofereci-me com um grupo de jovens da minha igreja. Pareceu-me estranho, mas se existe algo que os cristãos têm em abundância é o otimismo”, disse Cancino ao jornal virtual Protestante Digital. A cristã acredita que o período foi uma oportunidade de mostrar a vocação em servir em meio à pandemia da COVID-19.

A notícia sobre as mensagens cristãs foi recebida com entusiasmo nas redes sociais de diversos pastores independentes do governo. Já que era a concretização de um pedido feito há anos às autoridades cubanas. Porém, a mesma autonomia dos líderes cristãos foi o motivo que os deixou de fora da ação governamental. “O governo censurou esses pastores por uma série de artigos que eles escreveram criticando o conteúdo da nova Constituição aprovada recentemente em Cuba”, confirmou o jornalista independente Yoe Suárez ao site de notícias CubaTrendings.

Apesar de muitos pastores se sentirem desrespeitados pela censura, ainda existe esperança de que as mensagens canceladas sejam propagadas algum dia. “Esperamos, e é nossa oração, desejo e pedido, que os programas sejam vistos por todos, e também que outros espaços se abram para a mensagem de esperança, paz e salvação de Jesus”, concluiu o pastor David Moreno.

Fonte: Portas Abertas.

“Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.” Mateus 24:9

02 de maio de 2021.

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário