Home Arqueologia Bíblica Israel está prestes a revelar palácio preservadíssimo de Herodes após 2.000 anos enterrado

Israel está prestes a revelar palácio preservadíssimo de Herodes após 2.000 anos enterrado

autor: Últimos Acontecimentos

No domingo (13), as autoridades israelenses abrirão o palácio do rei Herodes em Herodium, permitindo que turistas olhem 2.000 anos atrás e conheçam o estilo da vida luxuosa do líder tirânico da era romana.

O destino turístico perto de Belém foi submetido a escavações durante 13 anos, após a descoberta do túmulo de Herodes.

Arqueólogos acreditam que Herodes decidiu enterrar seu palácio nos últimos anos de vida, e esta decisão ocasionou lucros inestimáveis para a comunidade arqueológica por ter ajudado a preservar quase perfeitamente a grande parte do sítio arqueológico nos últimos 2.000 anos.

O palácio do rei Herodes em Herodium, Israel

O rei Herodes seja talvez mais conhecido por ordenar o Massacre dos Inocentes na hora do nascimento de Jesus, segundo o Livro de Mateus na Bíblia.

A Autoridade de Parques e Natureza de Israel vai reabrir o palácio no domingo (13), sendo a primeira vez quando os turistas poderão ver de perto a escada no arco de Herodium, uma sala de entrada e um teatro privado com 300 assentos.

O palácio do rei Herodes em Herodium, Israel

“Este é um laboratório arqueológico incomparável”, disse o arqueólogo Roi Porat, diretor das escavações, que o comparou com a preservação de Pompeia coberta por lava.

Herodes foi o rei de Israel entre 37 a.C. e 4 a.C. Inicialmente, era mais próximo a tradições judaicas, mas gradualmente adotou mais gostos romanos ao longo do tempo, como demostram as pinturas e decorações que adornam seu palácio-mausoléu.

Fonte: Sputnik.

10 de dezembro de 2020.

Postagens Relacionadas

Deixe um Comentário