Home Arqueologia Bíblica Local onde Jesus curou mulher com fluxo de sangue teria sido encontrado

Local onde Jesus curou mulher com fluxo de sangue teria sido encontrado

autor: Últimos Acontecimentos

Arqueólogos acreditam que antiga igreja perdida foi local onde Jesus curou mulher que sofria com fluxo de sangue havia 12 anos, conforme relato do Evangelho de Mateus.

As ruínas da igreja perdida foram encontradas próximo de fontes no que restou da antiga cidade de Banias, a qual era chamada de Cesareia de Filipe durante a vida de Jesus. Atualmente, o local está situado em território da Síria ocupado por Israel.

Do versículo 24 ao 34 do capítulo cinco do Evangelho de Mateus, a história do milagre foi relatada pelo autor do livro.

Nela, uma mulher que há 12 anos sofria de um fluxo de sangue ficou imediatamente curada após tocar nas vestes de Jesus.

De acordo com a professora Adi Erlich, da Universidade de Haifa, Israel, a mulher teria erguido posteriormente um monumento em memória do milagre.

“Fontes bizantinas nos contam que, após ser curada, aquela mulher ergueu uma estátua de bronze para comemorar o milagre, e que ele foi colocado ‘em uma igreja perto das nascentes’ […] Mais tarde, ele foi quebrado em pedaços e estes foram exibidos como relíquias. Nós sugerimos que a igreja descoberta por nós deve ser a igreja relacionada ao milagre”, publicou o Daily Star citando a professora.

Além do referido templo, outra igreja próxima também havia sido descoberta, porém Erlich acredita que a referida antes se encaixaria melhor nas descrições antigas.

“Existe outra igreja que foi escavada alguns 30 anos atrás no outro lado das fontes, mas nossa pequena igreja é mais um memorial do que uma basílica prática para serviços [religiosos]”, acrescentou.

Em conjunto com o acadêmico Ron Lavi, da mesma universidade que Erlich, a professora descobriu uma pedra do ano de 400 d.C. marcada com cruzes, provavelmente entalhadas por peregrinos antigos.

O local será conservado, ao passo que também será preparado para receber turistas.

Fonte: Sputnik.

11 de novembro de 2020.

Postagens Relacionadas

Deixe um Comentário