Home Guerras Ministra da Defesa alemã justifica elevados gastos militares com uma ameaça russa ‘mais explícita’

Ministra da Defesa alemã justifica elevados gastos militares com uma ameaça russa ‘mais explícita’

autor: Últimos Acontecimentos

Alemanha precisa manter seus gastos militares a fim de poder negociar com a Rússia a partir de uma posição de força, disse Annegret Kramp-Karrenbauer, a ministra da Defesa do país.

Segundo ela, Moscou começou a representar uma ameaça militar “mais explicita” ao modernizar suas Forças Armadas.

“É um fato que a Rússia fez investimentos pesados na modernização de suas Forças Armadas, que ela possui novos tipos de armas, e que a ameaça se tornou mais explicita”, afirmou Kramp-Karrenbauer, em uma sessão parlamentar, quando lhe pediram para explicar a conveniência de consideráveis despesas orçamentárias da OTAN em meio à pandemia de coronavírus.

A ministra da Defesa recomendou que as autoridades alemãs negociassem com seus homólogos dos Países Bálticos, da Suécia e da Europa Central e Oriental sobre a suposta ameaça russa.

“Se queremos entrar nas negociações de desarmamento a partir de uma posição de força, temos de reforçar nossa posição. Essa sempre foi uma boa e tradicional posição da política externa alemã e deve permanecer como tal no futuro”, acrescentou.

Segundo Moscou, a OTAN se aproveita dos países europeus que promovem essa retórica para implantar mais tropas e equipamentos militares perto da fronteira russa.

A alegada ameaça russa é uma retórica mais comum nos Países Bálticos e na Polônia. O Ministério das Relações Exteriores e outras autoridades da Rússia têm repetidamente refutado ter quaisquer planos para atacar qualquer dos Estados-membros da OTAN.

Fonte: Sputnik.

“E ouvireis de guerras e de rumores de guerras;…” Mateus 24:6

26 de novembro de 2020.

Postagens Relacionadas

Deixe um Comentário