Home Fomes ONU: Metade dos iemenitas sofre de insegurança alimentar aguda

ONU: Metade dos iemenitas sofre de insegurança alimentar aguda

por Últimos Acontecimentos
303 Visualizações

Quase metade da população do Iêmen, sofre com altos níveis de insegurança alimentar, alerta um novo relatório.

De acordo com a análise da Classificação Integrada de Fases de Segurança Alimentar (CIF) da Organização das Nações Unidas (ONU), divulgada nesta quinta-feira, cerca de 45% da população do Iêmen enfrenta altos níveis de insegurança alimentar aguda .

Dentro desse número, 33% da população está em crise, 12% em emergência e 16.500 pessoas em situação catastrófica de fome, o pior nível das classificações CIF, afirma o relatório.

Enquanto isso, ele avisa, as perspectivas para o próximo ano são piores, já que 54% dos iemenitas – 16,2 milhões de pessoas – devem experimentar altos níveis de insegurança alimentar aguda entre janeiro e junho de 2021.

Especificamente, a grave crise alimentar no Iêmen levou as agências da ONU a temer que, se medidas não fossem tomadas com urgência, poderia haver até 47.000 pessoas em situação de fronteira no primeiro semestre de 2021.

” Esses números alarmantes deveriam ser um alerta para o mundo” para atender ao Iêmen, disse David Beasley, diretor executivo do Programa Mundial de Alimentos (PMA). Enquanto isso, ele enfatizou que a fome ainda pode ser evitada, mas a oportunidade está desaparecendo a cada dia que passa.

Fonte: HispanTv.

“…e haverá fomes,” Mateus 24:7

04 de dezembro de 2020.

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário