Home Fomes ONU: Metade dos iemenitas sofre de insegurança alimentar aguda

ONU: Metade dos iemenitas sofre de insegurança alimentar aguda

autor: Últimos Acontecimentos

Quase metade da população do Iêmen, sofre com altos níveis de insegurança alimentar, alerta um novo relatório.

De acordo com a análise da Classificação Integrada de Fases de Segurança Alimentar (CIF) da Organização das Nações Unidas (ONU), divulgada nesta quinta-feira, cerca de 45% da população do Iêmen enfrenta altos níveis de insegurança alimentar aguda .

Dentro desse número, 33% da população está em crise, 12% em emergência e 16.500 pessoas em situação catastrófica de fome, o pior nível das classificações CIF, afirma o relatório.

Enquanto isso, ele avisa, as perspectivas para o próximo ano são piores, já que 54% dos iemenitas – 16,2 milhões de pessoas – devem experimentar altos níveis de insegurança alimentar aguda entre janeiro e junho de 2021.

Especificamente, a grave crise alimentar no Iêmen levou as agências da ONU a temer que, se medidas não fossem tomadas com urgência, poderia haver até 47.000 pessoas em situação de fronteira no primeiro semestre de 2021.

” Esses números alarmantes deveriam ser um alerta para o mundo” para atender ao Iêmen, disse David Beasley, diretor executivo do Programa Mundial de Alimentos (PMA). Enquanto isso, ele enfatizou que a fome ainda pode ser evitada, mas a oportunidade está desaparecendo a cada dia que passa.

Fonte: HispanTv.

“…e haverá fomes,” Mateus 24:7

04 de dezembro de 2020.

Postagens Relacionadas

Deixe um Comentário