Home Pestes Peste suína africana atinge três fazendas de suínos na Alemanha

Peste suína africana atinge três fazendas de suínos na Alemanha

por Últimos Acontecimentos
54 Visualizações

Autoridades alemãs confirmaram  o surto de peste suína africana (FSA) em porcos domésticos que já afetou três fazendas. O vírus infecta a população de porcos selvagens do país europeu há meses.

O terceiro caso de ASF foi detectado em uma pequena fazenda no estado federal de Brandemburgo no último fim de semana, com quatro animais afetados. Dois porcos morreram e os dois restantes foram abatidos.

Dois outros surtos no mesmo estado foram anunciados na sexta-feira passada. As entidades afetadas pela doença são uma fazenda com cerca de 200 animais e uma fazenda com dois porcos.

“Por quase um ano temos lutado contra uma enorme pressão epidêmica vinda da Polôniadisse a ministra de Proteção ao Consumidor, Ursula Nonnemacher.

“Lamento muito que agora também tenhamos os primeiros casos em rebanhos de porcos domésticos, mas infelizmente isso não pode ser totalmente descartado”, disse ele.

Casos de PSA foram detectados em javalis no leste da Alemanha desde setembro de 2020. O surto afetou o estado de Brandemburgo, na fronteira com a Polônia, e, em menor grau, a Saxônia. Com as infecções na fronteira consideradas a principal causa do surto, as autoridades alemãs têm erguido cercas e armado armadilhas para restringir a movimentação de javalis.

A PSA é quase sempre fatal e incurável para os porcos e não há maneiras de protegê-los por meio da vacinação preventiva. A doença pode ser transmitida diretamente de um animal para outro ou indiretamente por meio de objetos e alimentos contaminados. Para os  humanos e outras espécies animais, ASF não é contagioso ou perigoso.

Fonte: RT.

“…e pestes…” Mateus 24:7

20 de julho de 2021.

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário