Home Fomes “Desde a pandemia, tudo piorou”: o declínio econômico da Espanha se reflete nas crescentes ‘filas de fome’

“Desde a pandemia, tudo piorou”: o declínio econômico da Espanha se reflete nas crescentes ‘filas de fome’

por Últimos Acontecimentos
271 Visualizações

O número de desempregados na Espanha aumentou em 25.269 pessoas em novembro, registrando assim a maior alta neste mês desde 2012, segundo dados publicados nesta quarta-feira pelo Ministério do Trabalho e Economia Social. Esse aumento coloca o número global de desempregados em 3.850.000. 

O setor de serviços é o mais afetado por uma crescente destruição de empregos associada principalmente às restrições impostas para impedir a disseminação do coronavírus. 

O aumento do desemprego é um claro indicador de um declínio econômico que também está causando um aumento da pobreza extrema, que se reflete diariamente nas chamadas ‘filas de fome’, as filas de pessoas que todos os dias se dirigem a instituições de caridade em solidariedade com receber ajuda alimentar básica.

“Nunca imaginei estar nesta situação”

Narcisa Molina é uma daquelas pessoas cuja situação económica os obriga a procurar ajuda alimentar. Ele mora com a filha e não tem dinheiro para pagar o apartamento. Ele tinha o emprego, mas há alguns meses o perdeu devido à crise de saúde. “Esta é a primeira vez que venho perguntar“, diz ela, declarando-se “abatida” pelas circunstâncias em que se encontra. “Nunca imaginei estar nesta situação”, acrescenta.

Lidia Babiano é voluntária da Fundación Madrina, uma das organizações de solidariedade mais ativas na luta contra a pobreza extrema em Madrid. Seu ponto de vista reflete as proporções do agravamento da situação na Espanha: “Desde a pandemia, tudo piorou”, explica. eles precisam.”

Sem acesso a subsídios públicos

Este tipo de organização e os diversos refeitórios populares que se distribuem por todo o território espanhol constituem a única rede de salvamento sanitário a que podem recorrer muitas pessoas que, por motivos diversos, não têm subsídios governamentais ao seu alcance.

Fonte: RT.

“…e haverá fomes,” Mateus 24:7

02 de dezembro de 2020.

Postagens Relacionadas

Deixe um comentário